Comissário Europeu saúda reformas da UEFA

O Comissário Europeu para a educação, cultura, juventude e desporto, Tibor Navracsics, expressou a sua satisfação pelo empenho da UEFA em reforçar a boa governação nas suas actividades.

Tibor Navracsics, Comissário Europeu para a educação, cultura, juventude e desporto, fala ao Congresso da UEFA em Helsínquia
Tibor Navracsics, Comissário Europeu para a educação, cultura, juventude e desporto, fala ao Congresso da UEFA em Helsínquia ©UEFA

O Comissário Europeu para a educação, cultura, juventude e desporto, Tibor Navracsics, expressou a sua satisfação pelas reformas boa governação encetadas pela UEFA, aprovadas na quarta-feira no Congresso de Helsínquia.

No uso da palavra no evento, Navracsics afirmou estar agradado com o facto de a UEFA se mostrar totalmente empenhada em apostar na boa governação. Na sua opinião a boa governação e "precisa de fazer parte do ADN das organizações desportivas, grandes ou pequenas."

"Todos temos visto que falhas na governação e liderança distorceram a imagem do desporto", disse o Comissário. "O futebol tem sido particularmente vulnerável, apesar de não ser, evidentemente, o único desporto afectado. É devido à sua enorme popularidade que o futebol é sempre alvo de grande escrutínio."

Navracsics disse estar feliz pelas federações membras da UEFA terem eleito Aleksander Čeferin como Presidente da UEFA, em Setembro, com base num programa fortemente apostado na boa governação.

"Fiquei também satisfeito pela UEFA ter assinado a declaração por mim lançada em Setembro onde apelei às federações e organizações desportivas, na UE e fora dela, que adoptassem a boa governação nas suas actividades."

"Agora verifico com agrado que a UEFA está a levar este apelo muito a sério", acrescentou.

”Transparência, responsabilização e empenho de todas as entidades são os pontos-chave da boa governação".

"O desporto tem de voltar a ter a confiança das pessoas para continuar a ter o seu lugar no coração das nossas sociedades."

O Comissário salientou o facto de UEFA e Comissão Europeia partilharem objectivos em muitas áreas. O Acordo de Cooperação [assinado em 2014] abrange vários tópicos incluindo "fair play" financeiro, viciação de resultados e a pertença de passes de jogadores por terceiros.

Navracsics deixou claro que o futebol pode ser muito mais que entretenimento e paixão. Sublinhou que o poder do desporto e do futebol em juntar as pessoas, promover a inclusão social e os valores do "fair play", solidariedade e respeito mútuo.

"Tanto a UEFA como a Comissão estão cientes do poder e esta é sem dúvida uma área em que temos de aumentar a nossa cooperação", disse.

Navracsics afirmou que as duas organizações partilham muitos valores e objectivos - "a integridade do desporto, respeito pelos direitos humanos e dignidade, a não discriminação e solidariedade."

Mostrou ainda o seu agrado pelo trabalho que a UEFA está a efectuar no que toca ao reforço das raízes do futebol - incluindo a Semana das Raízes da UEFA, que decorre em Setembro, alinhada com a Semana do Desporto Europeu do Comissariado Europeu, que promove o desporto e a actividade física em todo o continente.

"Sei o quanto activa a UEFA está nestas matérias", disse, e as suas campanhas contra racismo e violência têm sido particularmente importantes. O futebol tem o poder de chegar a largos sectores da sociedade numa maneira que os políticos e governos simplesmente não o podem fazer."