Presidente da UEFA destaca visão para 2020

O Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, elogiou o EURO 2020 como uma "única e memorável" celebração do melhor futebol de selecções em toda a Europa.

London mayor Sadiq Khan and UEFA President Aleksander Čeferin pose during the UEFA EURO 2020 identity unveiling in London
London mayor Sadiq Khan and UEFA President Aleksander Čeferin pose during the UEFA EURO 2020 identity unveiling in London ©Getty Images

O novo Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, elogiou a ideia na origem do UEFA EURO 2020, durante a cerimónia oficial de lançamento.

Num discurso proferido no evento, esta quarta-feira, Čeferin elogiou a iniciativa inovadora de organizar o torneio em 13 locais espalhados pelo continente, para celebrar o 60º aniversário da competição.

Também elogiou a escolha do Wembley Stadium, na capital inglesa, como cenário de excelência para a realização das meias-finais e da final, dentro de quatro anos.

Čeferin assistia à cerimónia de apresentação do logótipo de Londres como cidade anfitriã e da identidade visual do torneio de 2020. Na Câmara Municipal de Londres, teve a companhia de Sadiq Khan, presidente da Câmara Municipal da cidade, de Greg Clarke, presidente da Federação Inglesa de Futebol, e de Martin Glenn, director-executivo do organismo, bem como dos presidentes e secretários-gerais das 13 cidades anfitriãs.

Aleksander Čeferin (esquerda), Sadiq Khan (ao centro) e Greg Clarke
Aleksander Čeferin (esquerda), Sadiq Khan (ao centro) e Greg Clarke©Getty Images

"Estou encantado por estar aqui em Inglaterra, berço do futebol e o país que deu a conhecer a modalidade ao Mundo, para dar um importante passo na caminhada rumo à fase final do Campeonato da Europa, dentro de quatro anos, uma competição que será única e memorável por diversos motivos", afirmou o Presidente da UEFA.

"Que melhor forma haverá de celebrar o futebol do que levar a fase final do EURO, numa só ocasião, a várias partes do continente?", acrescentou.

Outras cerimónias de apresentação de logótipos terão lugar nas restantes 12 cidades anfitriãs – Amesterdão, Baku, Bilbau, Bruxelas, Bucareste, Budapeste, Copenhaga, Dublin, Glasgow, Munique, Roma e São Petersburgo – nos próximos meses.

"A possibilidade de organizar as meias-finais e a final do EURO 2020 é um tremendo privilégio para a federação inglesa", afirmou Greg Clarke. "Estou muito ansioso pela sua realização".

"Londres tem uma enorme tradição em receber grandes eventos", acrescentou o presidente da federação inglesa. "Temos um estádio maravilhoso e possuímos diversidade cultural, o que fará com que todos os elementos da família europeia se sintam bem-vindos. Pensamos que iremos fazer um belo trabalho".

"Estamos ansiosos por fazer parte de uma grande equipa para garantirmos uma excelente competição".