Aleksander Čeferin visita a Sérvia

O presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, visitou o centro desportivo da Federação Sérvia de Futebol (FSS) - construído com o apoio do programa HatTrick da UEFA - e prometeu continuar a apoiar o desenvolvimento das infra-estruturas do futebol no país.

Aleksander Čeferin teve oportunidade de visitar o centro desportivo da federação sérvia em Stara Pazova, perto de Belrgrado
Aleksander Čeferin teve oportunidade de visitar o centro desportivo da federação sérvia em Stara Pazova, perto de Belrgrado ©Marko Djurić

O presidente da UEFA, Aleksander Čeferin, continua a tentar conhecer melhor a realidade das federações europeias e desta vez visitou a Sérvia.

Esta sexta-feira, Čeferin manteve conversas construtivas em Belgrado com o presidente da Federação Sérvia de Futebol (FSS), Slaviša Kokeza, e com o presidente honorário, Tomislav Karadžić.

O diálogo centrou-se na melhor forma de desenvolver as infra-estruturas de futebol na Sérvia e Čeferin assegurou que a UEFA manterá o apoio que tem vindo a prestar através do programa HatTrick.

"O nosso relacionamento com a federação sérvia é bom", destacou. "A UEFA já prestou um apoio considerável à Sérvia e vai continuar a fazê-lo."

Slaviša Kokeza e Aleksander Čeferin
Slaviša Kokeza e Aleksander Čeferin©Marko Djurić

"Debatemos os muitos desafios que enfrentamos e as infra-estruturas são o maior de todos eles", acrescentou Kokeza. "Explicámos os nossos pontos de vista e estamos a caminhar na direcção certa". 

Aleksander Čeferin fala à imprensa na Sérvia
Aleksander Čeferin fala à imprensa na Sérvia©Marco Djurić

Durante a sua estadia na Sérvia, Čeferin também visitou o centro desportivo da federação sérvia em Stara Pazova, perto de Belgrado, inaugurado em 2011 e que foi financiado parcialmente pelo programa HatTrick da UEFA.

Acompanhado pelo antigo capitão da selecção sérvia, Dejan Stanković, que recentemente passou a trabalhar na UEFA como conselheiro para o desenvolvimento do futebol, Čeferin aproveitou a oportunidade para reiterar que defende que os antigos jogadores devem ocupar cargos de destaque na UEFA.

"Vai, sobretudo, falar com jovens jogadores", explicou o presidente da UEFA sobre Stanković. "Tem o respeito e serve de referência aos jovens futebolistas, por isso é que a UEFA está a trazer pessoas como ele para estes cargos".