A importância de estreitar laços disciplinares

O mais recente Workshop Disciplinar da UEFA, em Dubrovnik, analisou formas de aumentar a cooperação mundial para melhorar o trabalho e processo de decisão dos órgãos disciplinares.

Peritos disciplinares de todo o Mundo reuniram-se em Dubrovnik
Peritos disciplinares de todo o Mundo reuniram-se em Dubrovnik ©HNS

Trocar ideias e aprender com a experiência de outros é visto na UEFA como uma forma importante de melhorar as suas actividades disciplinares.

O mais recente Workshop Disciplinar da UEFA, em Dubrovnik, Croácia, reuniu a UEFA com representantes de outras confederações de futebol continentais, bem como importantes entidades futebolísticas e legais, para debater novas formas e possibilidades de desenvolver cooperações no futuro.

A unidade disciplinar da UEFA encontrou-se com membros de todos os seus órgãos disciplinares, os seus inspectores de ética e disciplinares, e representantes da confederação asiática (AFC) e sul-americana (CONMEBOL), a Associação Europeia de Clubes (ECA), a FIFA, responsável pela organização do futebol a nível mundial, e o Tribunal Arbitral do Desporto (CAS).

As discussões centraram-se no potencial para estabelecer ligações mais estreitas e maior partilha de conhecimentos.

"Para nós, foi muito útil e inspirador ouvir ideias e opiniões dos nossos convidados, provenientes de diferentes confederações e organizações", disse Emilio Garcia, responsável disciplinar da UEFA.

"Já que todos partilhamos a mesma paixão pelo futebol, é bom debater novas formas e possibilidades sobre como melhorar ainda mais o nosso enquadramento legal e aumentar a eficácia e transparência dos procedimentos disciplinares da UEFA".

Os membros dos órgãos disciplinares da UEFA e os Inspectores de ética e disciplinares forma informados sobre a nova edição 2016 dos regulamentos disciplinares da UEFA, e as consequências de futuros procedimentos disciplinares. Mensagens importantes foram o aumento da eficiência e o papel importante dos Inspectores de Ética e Disciplinares em relação à abertura de procedimentos.

Os inspectores de ética e disciplinares representam a UEFA em procedimentos perante o Comité de Controlo Ética e Disciplina da UEFA e o Comité de Recursos. Podem iniciar investigações disciplinares e interpor recursos contra decisões do Comité de Controlo Ética e Disciplina da UEFA, bem como apoiar a UEFA no caso de uma decisão do Comité de Recursos ser contestada perante o TAS.

Os regulamentos da UEFA também foram harmonizados tendo em conta o Código da Agência Mundial Anti-Dopagem (WADA). A WADA apresentou o enquadramento regulatório sobre como abordar caos de doping, baseado no código da WADA e nos regulamentos sobre doping existentes no futebol.

Entre outros tópicos da agenda, a AFC apresentou os desafios do seu trabalho diário, a ECA comentou os novos regulamentos disciplinares, propôs desafios futuros e pontos de trabalho/discussão, e a FIFA destacou o seu programa de reformas de 2016 e nova estrutura.

A administração da UEFA apresentou importantes leis de casos no CAS, e informou os órgãos disciplinares da UEFA sobre como, e com que desfecho, a unidade disciplinar da UEFA e os seus advogados disciplinares defenderam as decisões dos órgãos disciplinares da UEFA perante o CAS. Retiraram-se conclusões positivas, dada a elevada percentagem de sucesso da UEFA a este respeito.

Conteúdos relacionados