UEFA CFM - 500 formados

Lançado há seis anos, o programa UEFA CFM ajuda os dirigentes da família do futebol de toda a Europa a ganharam novas competências para benefício do jogo e acabou de comemorar o 500º formando.

Aprender e trocar conhecimentos em prol do futebol europeu
Aprender e trocar conhecimentos em prol do futebol europeu ©UEFA

O número mágico dos 500 formandos foi atingido no Certificado da UEFA de Gestão para o Futebol (UEFA CFM), o programa de formação que visa reforçar as competências dos dirigentes da família do futebol em toda a Europa.

Lançado há seis anos, o programa UEFA CFM tem proporcionado aos quadros das federações nacionais e clubes um novo olhar sobre o futebol – dando-lhes a oportunidade de melhorar a respectiva actuação nos cargos em específico através de um maior conhecimento e da aquisição de novas valências para o seu trabalho diário.

Este programa de nove meses baseia-se em seis módulos "online" e três seminários cara-a-caras. Os principais tópicos são a organização no futebol, gestão de estratégias e desempenho, gestão operacional, marketing e patrocínios, comunicações, relações públicas e media e gestão de eventos. Os certificados têm a garantia da Escola Suíça de Administração Pública (IDHEAP) na Universidade de Lausana.

O conteúdo académico do UEFA CFM é compilado por académicos de universidades de França, Itália, Espanha, Suíça e Reino Unido.

A marca dos 500 foi passada na última edição nacional do programa CFM, na Alemanha, situação que deu à UEFA a possibilidade de reflectir um pouco sobre os feitos já alcançados.

“O programa tem agora 500 gestores para o futebol em toda a Europa,” disse o dirigente da UEFA para a educação e temas académicos, Thomas Junod. “São notícias muito boas para o futebol europeu, que precisa de uma nova geração de dirigentes – pessoas não apenas apaixonadas pelo desporto, mas que estejam equipadas com as ferramentas correctas para desenvolver a sua gestão.”

O "clube dos 500” inclui quadros das federações nacionais que agradecem a oportunidade de partilharem os seus já consideráveis conhecimentos. “É uma grande honra fazer parte da comunidade CFM, porque contribuímos directamente paraa gestão profissionalizada do futebol na Europa, “ disse o secretário-geral da Federação Macedónia de Futebol (FFM), Filip Popovski.

“Como o decorrer dos anos, o programa provou ser uma oportunidade excelente para as federações nacionais", acrescentou. “Todos nós beneficiámos por nos desenvolvermos profissionalmente e aprendermos novas ferramentas de gestão específicas para este desporto.”

Para além da partilha de conhecimentos e o trabalho em rede com os colegas dos cursos, os formandos estão a ser instruídos de modo a que tudo aquilo que têm aprendido seja passado para a entidade onde trabalha.

“Quando começámos este programa há seis anos não pensávamos que o número de formandos iria crescer tão depressa", afirmou Thomas Junod. "Este é um grande feito para a UEFA no nosso esforço por fazer o futebol cada vez melhor, cada vez mais bem-sucedido e cada vez mais atractivo".

O que os participantes disseram sobre o programa UEFA CFM 
“Pensava que tinha um bom conhecimento sobre o futebol, não só como desporto, mas como indústria. Este curso abriu-me novos horizontes”

“Esta é uma experiência fantástica para as pessoas que trabalham e se dedicam ao futebol”

“Abriu-me os olhos para um panorama no que toca às dinâmicas internas e externas do futebol internacional”

“O UEFA CFM é uma excelente maneira de ganhar uma maior percepção quer da nossa federação - mais profissional, diversificada e especializada – e toda a cadeia de relacionamentos que permitem que o futebol, a nível interno e internacional, de formação ou profissional, possa coexistir e seja apoiado mutuamente.”

“Vejo agora com um olhar diferente a gestão do futebol no meu país e na Europa”

"Estou satisfeito por não ser o único - quando mais formandos no CFM, mais e melhor gestão do futebol na Europa!"