Roménia recebe prémio HatTrick

A Roménia fez progressos notáveis no desenvolvimento do futebol feminino e em atrair jogadoras e participantes, o que valeu à Federação Romena de Futebol um Prémio HatTrick da UEFA.

Jogadoras da selecção romena foram as estrelas do evento
Jogadoras da selecção romena foram as estrelas do evento ©FRF

Os enormes progressos da Roménia no desenvolvimento do futebol feminino no país valeram à Federação Romena de Futebol (FRF) um cobiçado Prémio HatTrick da UEFA.

O projecto nacional intitulado "Futebol e Feminismo" floresceu das "raízes" do futebol, alcançando o objectivo de atrair mais mulheres para a prática do futebol e criando uma estrutura organizada para o desenvolvimento das competições femininas.

Realizou-se uma cerimónia em Cluj-Napoca, onde Allan Hansen, presidente do Comité HatTrick da UEFA, entregou o prémio HatTrick a Răzvan Burleanu, presidente da FRF.

As jogadoras da selecção sénior feminina da Roménia foram as estrelas do evento. A equipa apurou-se para o "play-off" de acesso ao UEFA Women’s EURO 2017, e pode estrear-se na fase final se bater Portugal, com os jogos agendados para sexta e terça-feira.

Dentro do projecto "Futebol e Feminismo", actuais e antigas jogadoras estão envolvidas no treino, como forma de inspirarem mais mulheres romenas a tornarem-se treinadoras.

Desde 2012, o projecto produziu resultados fantásticos. O número de mulheres participantes na Roménia passou de 1.566 em 2013 para 4.390 em 2015, com o número de jogadoras registadas a subir de 500 para 1.200.

A quantidade de professores envolvidos no projecto aumentou, durante esse período, de 112 para 150, enquanto as equipas femininas jovens registadas em competições nacionais cresceu de 14 para 24 no espaço de dois anos.

Em 2011, 10 equipas seniores femininas competiram numa liga. Chegados a 2015, existiam oito equipas na Super Liga, uma Primeira Liga com duas divisões e 16 equipas em cada e 21 equipas na Liga Jovem. A nível de selecções femininas, a Roménia conta com equipas Sub-19, Sub-18, Sub-17, Sub-16 e Sub-15.

Os prémios HatTrick estão abertos a todas as 55 federações-membro da UEFA em cinco categorias diferentes: melhor projecto de investimento, melhor projecto social, melhor projecto especial, melhor projecto de desenvolvimento feminino e melhor projecto anfitrião.

Esta iniciativa tem um duplo objectivo: reconhecer o notável trabalho das federações-membro da UEFA, bem como conferir maior exposição às federações dentro e fora da família do futebol europeu.

"Apesar de o prémio reconhecer os esforços efectuados até ao momento para desenvolver o futebol feminino romeno", disse Răzvan Burleanu, "na realidade premeia [todos] os nossos projectos actuais, confirmando o rumo traçado para o futuro."

"A FRF fez avanços notáveis com o projecto 'Futebol e Feminismo', acrescentou Allan Hansen. "Acredito que este também será um projecto bem-sucedido no futuro."