Clube belga traz esperança às raparigas locais

O RWDM Girls foi anunciado como vencedor do prémio ouro na categoria de Melhor Clube dos Prémios "Raízes" da UEFA de 2016; o UEFA.org viajou até à Bélgica para saber mais.

Prémios das raízes - Melhor clube
Prémios das raízes - Melhor clube ©UEFA.com

O RWDM Girls ganhou o prémio ouro na categoria de Melhor Clube nos Prémios "Raízes" da UEFA de 2016. Localizado no município de Molenbeek, em Bruxelas, o clube dá prioridade à chegada de jogadoras de todas as culturas e capacidades futebolísticas.

Ramzi Bouhlel (coordenador do clube RWDM Girls)
Trabalhamos com base em dois pilares. O primeiro deles é o pilar social. É um clube aberto a todas – qualquer rapariga que venha para cá tem o seu lugar próprio, seja qual for o escalão, de competição ou não. Queremos que todas elas aprendam a jogar bom futebol, que aprendam o básico a fim de que um dia possam continuar e ingressar nas equipas de elite. Não dizemos que o nosso clube é 100 por cento social ou 100 por cento elitista – é as duas coisas – é um dos poucos a fazê-lo dessa forma.

David Van Renterghem (consultor do clube para a região de Bruxelas, Real Federação Belga de Futebol)
A região é muito multicultural e é muito importante para o desenvolvimento do futebol feminino chegar às várias nacionalidades e comunidades. Em comparação com os rapazes há raparigas que podem pertencer a determinada religião e não terem a possibilidade de praticar futebol. Mas este desenvolvimento do futebol feminino permite um certo nível de equidade entre raparigas e rapazes, e isso é algo que queremos destacar, pelo menos na nossa região.

Sakina Ouzraoui (treinadora Sub-15 no RWDM Girls e da selecção da Bélgica)
É um clube situado mesmo no centro da Bélgica, está no coração de Bruxelas. E o que é especial é situar-se em Molenbeek. Podemos exibir o nosso orgulho em ser de Molenbeek e poder mostrar o que se faz de bom e não o que é mau.