Parlamento Europeu apoia políticas da UEFA

O "Relatório Takkula" aprova o modelo de governação, os valores e as iniciativas da UEFA em várias áreas.

©AFP

005 - UEFA abre escritório de representação na União Europeia em Bruxelas

A UEFA acolhe vivamente a Resolução do Parlamento Europeu sobre a abordagem integrada das políticas de desporto: boa governança, acessibilidade e integridade como passo significativo rumo ao desenvolvimento saudável do desporto na Europa.

O “Relatório Takkula” – em homenagem ao autor, o primeiro-ministro da Finlândia, Hannu Takkula – aprova o modelo de governança, os valores fundamentais e as iniciativas da UEFA num grande número de áreas, bem como muitas das reformas promovidas pelo Presidente da UEFA. A Resolução apoia de forma inequívoca a proibição da negociação dos chamados "direitos económicos" de jogadores, reitera o seu apoio ao Fair Play Financeiro e sublinha a necessidade de uma política de "tolerância zero" para proteger a integridade do desporto. A Resolução subscreve ainda o modelo desportivo europeu e as suas principais características, tais como a solidariedade financeira através da venda dos direitos de transmissão numa base territorial exclusiva.

Num comentário à resolução, o Presidente da UEFA, Aleksander Čeferin afirmou:

“A Resolução de hoje é uma boa notícia. Fico contente pela abordagem levada a cabo pelo senhor Takkula e pelos seus pares. Com o aumento do apoio do Parlamento Europeu vamos intensificar os nossos esforços a fim de promover uma boa governança a todos os níveis e assegurar um futuro positivo para o futebol.”

Hoje assistiu-se também à abertura do escritório de representação da UEFA em Bruxelas, que funcionará para fortalecer ainda mais os laços existentes e construir novas relações com as instituições da União Europeia, com o Conselho Europeu e governos nacionais.

O escritório de representação em Bruxelas servirá também como ponto de informação e coordenação para as federações nacionais da UEFA sobre vários assuntos, incluindo os programas europeus de financiamento.

Sobre abertura do escritório da UEFA em Bruxelas, Čeferin acrescentou:

“A nossa decisão de abrir um escritório de representação em Bruxelas, bem no centro do bairro da União Europeia, resulta da forte reflexão sobre o nosso empenho numa boa governança. O escritório em Bruxelas vai desempenhar um papel de liderança no desenvolvimento de maior diálogo entre a UEFA e os decisores políticos europeus.”