Malta

MaltaFederação de Futebol de Malta

We care about football

Malta à procura de melhorar

Fundada em 1900, a Federação Maltesa de Futebol é uma das mais antigas entre as 204 existentes a nível mundial.
Malta à procura de melhorar
Malta festeja um golo marcado à Bulgária na qualificação do UEFA EURO 2016 ©AFP/Getty Images

Malta à procura de melhorar

Fundada em 1900, a Federação Maltesa de Futebol é uma das mais antigas entre as 204 existentes a nível mundial.

A Federação de Futebol de Malta (MFA), fundada em 1900, é uma das mais antigas entre as 204 federações existentes a nível mundial. A modalidade foi introduzida na ilha do Mediterrâneo pelos soldados britânicos ali destacados e o registo do primeiro jogo data de 1882, tendo o primeiro campeonato sido organizado em 1910.

Outro acontecimento histórico para a MFA deu-se com a introdução do Troféu de Malta na década de 1930. A competição constituiu um gesto de gratidão por parte da Federação Inglesa de Futebol pelo apoio concedido pela população maltesa quando esta realizou o seu primeiro jogo oficial em 1933, em Roma, diante da Itália. Os períodos antes e depois da II Guerra Mundial ainda são lembrados com nostalgia em Malta, por ter sido uma altura em que equipas europeias de topo, recheadas de nomes sonantes, visitavam a ilha mediterrânea, nomeadamente no Natal, para participar em torneios no antigo Estádio Império, em Gzira.

No início dos anos de 1950, a MFA começou a promover a formação no futebol juvenil, enquanto os clubes se estrearam em competições no estrangeiro, como foi o caso do Torneio de Viareggio, em Itália. Outro marco histórico foi conseguido em Fevereiro de 1957, quando a principal selecção efectuou o seu primeiro encontro internacional diante da Áustria e, no esgotado Estádio Império, perdeu por 3-2.

Malta passou a membro da FIFA em 1959 e filiou-se na UEFA em 1960. Foi o início de uma nova era para o futebol em maltês, tanto a nível de selecções como de clubes, por se terem criado condições para que estes competissem nas mais variadas provas.

Floriana FC, Sliema Wanderers FC, Valletta FC, Hibernians FC e Hamrun Spartans FC têm sido os clubes com maior sucesso. O Floriana e o Sliema dominaram o panorama interno numa fase inicial, embora, mais recentemente, o Valletta, Hibernians e Hamrun e Birkirkara FC tenham arrecadado tenham-se juntado àqueles.

O primeiro jogo da selecção maltesa referente a uma competição oficial deu-se contra a Dinamarca, em 1962, numa eliminatória de apuramento para o Campeonato da Europa. A estreia no apuramento para o Mundial ocorreu na edição de 1974, onde integrou o grupo de qualificação com as selecções húngara, austríaca e sueca. Todavia, os triunfos caseiros, por 2-0, sobre a Grécia, numa partida referente à fase de apuramento para o Europeu de 1976, e ante a Estónia, por 1-0, a contar para o Mundial de 1994, sobressaem como os momentos altos da selecção.

Fora das quatro linhas, houve igualmente acontecimentos dignos de menção. Quando as forças armadas britânicas abandonaram a ilha em 1979, a MFA beneficiou da recuperação dos campos de futebol utilizados pelos ingleses e, em 1981, foi inaugurado um novo estádio nacional em Ta'Qali.

A eleição de Joseph Mifsud, presidente da MFA, para integrar o Comité Executivo da UEFA em 1994 e, posteriormente, em 1998, para o Comité Executivo da FIFA, foram também momentos importantes na história da federação maltesa, tal como a nomeação de Emanuel Zammit para arbitrar jogos no Campeonato do Mundo de 1998 e no UEFA EURO 2000™. No início de 2008, Mifsud foi igualmente nomeado para o prestigiante cargo de vice-presidente da UEFA.

Com uma estrutura profissional disponibilizada para a selecção nacional, o crescimento do futebol feminino e do futsal, e a criação de criação de uma federação para o futebol juvenil, a MFA tem demonstrado empenho e considerável determinação para fazer evoluir a modalidade em Malta. Árbitros e treinadores também têm criadas as respectivas entidades.

Estas medidas têm sido fundamentais para a MFA conquistar a confiança da UEFA. Apesar das dimensões diminutas do país e dos seus poucos recursos, a MFA tem recebido o aval da UEFA para organizar várias conferências e seminários internacionais nos últimos anos, incluindo a XX Assembleia Geral Ordinária da UEFA, em 1990. Depois, em Março de 2012, a UEFA atribuiu a Malta organização do Campeonato da Europa de Sub-17 de 2014, evento que decorreu em Maio desse ano com enorme sucesso.

http://pt.uefa.com/member-associations/association=mlt/news/newsid=941804.html#malta+procura+melhorar

Passar ao topo  

Presidente

 

Norman Darmanin Demajo

Norman Darmanin Demajo

Nacionalidade: Maltês
Data de nascimento: 12 de Abril de 1952
Presidente da federação desde: 2010

• Dentro do panorama do futebol desde 1968, Norman Darmanin Demajo conquistou três títulos de campeão e três Taças de Malta durante a sua passagem de nove anos pelo Valletta FC, entre 1973 e 1982. Futebolista amador mas internacional pela selecção do seu país, que representou entre 1975 e 1976, pendurou as chuteiras em 1990, com 38 anos de idade, após uma passagem pelo St Andrew's FC.

• Membro do conselho de administração da Federação de Futebol de Malta (MFA) desde 1988, ascendeu depois ao comité executivo, antes de desempenhar as funções de tesoureiro, entre 1992 e 2001.

• Eleito presidente da MFA em Agosto de 2010 (foi reeleito para um novo mandato de três anos em Julho de 2013), comprometeu-se a investir nas infra-estruturas relacionadas com o futebol e a fortalecer o sector técnico e as "raízes" do futebol naquele país insular. Defensor da formação contínua em todos os níveis, afirmou: "No mundo dos negócios de hoje, parar significa ficar para trás. Este conceito também se aplica na gestão futebolística, ainda para mais tendo em conta que nas ciências do desporto, num Mundo em constante e rápida mutação, há que estar sempre a par dos mais recentes desenvolvimentos e práticas existentes, de forma a garantir a competitividade em todos os níveis."

Secretário-Geral

 

Angelo Chetcuti

Angelo Chetcuti

Nacionalidade: Maltesa
Data de nascimento: 29 de Dezembro de 1980
Secretário-geral da federação desde: 2016

• Angelo Chetcuti foi nomeado secretário-geral da Federação Maltesa de Futebol (MFA) em Novembro de 2016.

• Advogado de profissão, sempre mostrou interesses na investigação na área do direito desportivo, da gestão desportiva e dos media. Durante 12 anos trabalhou nas instituições da União Europeia, incluindo três no Parlamento Europeu.

• Casado e com dois filhos, as capacidades de Chetcuti para a gestão parecem ideais quanto aos planos da MFA de continuar a consolidar o seu programa de desenvolvimento a longo prazo.

Dados da Federação

  • Fundação: 1900
  • Afiliação à UEFA: 1960
  • Afiliação à FIFA: 1959
  • Morada: Millennium Stand, Floor 2 National Stadium TA'QALI ATD4000 Malta
  • Telefone: +356 21 232 581
  • Fax: +356 21 245 136

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
47Irlanda do NorteIrlanda do Norte0/44.500
48LituâniaLituânia0/44.125
49MaltaMalta0/44.000
50País de GalesPaís de Gales0/43.875
51Ilhas FaroéIlhas Faroé0/43.500
Última actualização: 07/12/2016 08:39 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Nenhum troféu

Competições domésticas