Montenegro

MontenegroFederação de Futebol do Montenegro

We care about football

Montenegro dá cartas

Montenegro tornou-se membro da UEFA apenas em 2007, mas existem já imensos sinais promissores.
Montenegro dá cartas
Stevan Jovetić (Montenegro) ©AFP/Getty Images

Montenegro dá cartas

Montenegro tornou-se membro da UEFA apenas em 2007, mas existem já imensos sinais promissores.

A 8 de Março de 1931, em Cetinje, capital histórica do Montenegro, foi fundada a Federação de Futebol de Cetinje, organização que operou sob a alçada da Federação Jugoslava de Futebol como um dos dez órgãos responsáveis pelo futebol no Reino da Jugoslávia.

Entre essa data de fundação e o começo da II Guerra Mundial, encontravam-se registados no Montenegro 105 clubes. Dos cinco que venceram o campeonato montenegrino até 1941, três ainda existem: o FK Budućnost Podgorica, FK Arsenal (oriundo de Tivat) e FK Lovćen (de Cetinje). Fundado em 1913, o Lovćen é mesmo um dos mais antigos emblemas dos Balcãs.

O fim do conflito mundial trouxe alterações à gestão do futebol montenegrino, então a mais pequena das seis repúblicas que constituíam a República Socialista Federal da Jugoslávia, surgindo o Conselho de Futebol do Montenegro a 5 de Agosto de 1945. Mais tarde, a 6 de Dezembro de 1948, tornou-se na Federação Montenegrina de Futebol (Fudbalski savez Crne Gore – FSCG) e a entidade continuou em função debaixo da alçada da federação jugoslava.

Depois de conquistar o campeonato local em 1946, ao levar a melhor sobre Lovćen, FK Sutjeska (oriundo de Niksic) e Arsenal, o Budućnost Podgorica teve oportunidade de disputar a primeira edição pós-guerra do escalão principal da Liga jugoslava, em 1946/47, e acabaria mesmo por se afirmar como a mais bem sucedida formação montenegrina da era jugoslava. Duas vezes finalista da Taça da Jugoslávia, o Budućnost viu-se derrotado (2-1) pelo Dinamo Zagreb em 1965 e pelo HNK Hajduk Split (2-0) em 1977. O Sutjeska foi a única outra equipa do Montenegro a disputar o primeiro escalão da Liga jugoslava e, tal como o Budućnost, chegou a jogar na Taça Intertoto anos mais tarde.

Os clubes do Montenegro, e o Budućnost em particular, eram talvez mais reconhecidos como fornecedores de bons jovens jogadores para as principais formações jugoslavas. Dejan Savićević e Predrag Mijatović foram dois dos mais notáveis exemplos. Savićević conquistou duas Taças dos Clubes Campeões Europeus, uma no FK Crvena zvezda em 1991 e outra pelo AC Milan, em 1994. Mijatović apontou o golo da vitória na final da UEFA Champions League de 1998, que deu ao Real Madrid CF o seu primeiro título de campeão europeu em 32 anos. Entre outros talentos de nível internacional formados no Budućnost encontram-se nomes como Branko Rašović, Zoran Filipović, Ante Miročević, Branko e Dragoljub Brnović, Dragoje Leković e Željko Petrović.

Após o desmembramento da República Socialista Federal, o Montenegro passou a integrar a Jugoslávia, antes de esta passar a ser formada apenas pela união entre Sérvia e Montenegro. Ao longo desse período, mais formações montenegrinas disputaram o escalão principal, com destaque para o FK Zeta. O conjunto oriundo de Golubovci atingiu a segunda pré-eliminatória da Taça UEFA em 2005 e disputou a Taça Intertoto em 2006. O Zeta foi, também, o primeiro campeão do Montenegro como estado independente, depois de o país ter ganho esse estatuto depois de um referendo realizado em 2006. O Zeta venceu o campeonato dessa temporada de 2006/07, composto por 12 equipas, organizado sob a égide da agora autónoma Federação Montenegrina de Futebol (FSCG), que passou a integrar a lista de membros da UEFA e da FIFA a partir de 26 de Janeiro e 29 de Maio de 2007, respectivamente.

Pelo meio, entre essas duas datas históricas, a selecção do Montenegro estreou-se a nível internacional, num encontro amigável em que bateu a Hungria, por 2-1, em 24 de Março de 2007. Mirko Vučinić e Igor Burzanović apontaram os golos da selecção montenegrina orientada por Zoran Filipović. Montenegro estreou-se em jogos oficiais na fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2010, numa partida frente à Bulgária, em Podgorica, a 6 de Setembro de 2008, cujo resultado terminou empatado a dois golos. A primeira vitória em encontros oficiais surgiu a 10 de Outubro de 2009, por 2-1, sobre a Geórgia. Com uma selecção composta por talentos como o ponta-de-lança Mirko Vučinić e Stevan Jovetić, a selecção alcançou o "play-off" do UEFA EURO 2012, onde foi afastada pela República Checa. Mais uma prova de um futuro promissor foi dada com o terceiro lugar final na fase de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014.

http://pt.uefa.com/member-associations/association=mne/news/newsid=948782.html#montenegro+cartas

Passar ao topo  

Presidente

 

Dejan Savićević

Dejan Savićević

Nacionalidade: Montenegrina
Data de nascimento: 15 de Setembro de 1966
Associação presidente desde: 2004

• Dejan Savićević foi um dos melhores jogadores da história do Montenegro, tendo começado a carreira no FK Budućnost Podgorica, mas afirmando-se definitivamente na equipa do FK Crvena Zvezda que venceu a Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1990/91. A visão de jogo que exibia nos relvados levou o AC Milan a contratar o médio ofensivo, que marcou um dos golos no triunfo sobre o FC Barcelona, por 4-0, na final da UEFA Champions League de 1993/94.

• Terminou a carreira no FK Austria Wien, após 56 internacionalizações pelo seu país, tendo orientado a selecção da Sérvia e Montenegro entre 2001 e 2003. Foi eleito como presidente da Federação Montenegrina de Futebol (FSCG) em 2004, levando o seu país a tornar-se membro da FIFA e da UEFA, como nação independente, em 2007.

• "Vou sempre escutar os clubes, os jogadores e os treinadores, mas também vou exigir que respeitem as regras e o 'fair-play'. Esta vai ser a minha prioridade a nível nacional. Savićević foi reeleito em Julho de 2013, tendo expressado a sua esperança de ver o Montenegro apurar-se para o Campeonato do Mundo de 2014, no Brasil.

Secretário-Geral

 

Momir Djurdjevac

Momir Djurdjevac

Nacionalidade: Montenegrino
Data de nascimento: 5 de Abril de 1962
Secretário-geral da federação desde: 2001

• Momir Djurdjevac formou-se em Jornalismo na Universidade de Ciência Política de Sarajevo, em 1986.

• De 1987 a 2001, trabalhou na estação de televisão do Montenegro (RTCG) antes de tornar-se Secretário-geral da federação de futebol daquele país (FSCG), na altura ainda parte integrante da federação de futebol da Sérvia e Montenegro.

• É membro do Comité Executivo da UEFA. "Como nação pequena e jovem do futebol, ainda estamos em fase de desenvolvimento", disse Djurdjevac, acrescentando: "Mas estamos na direcção certa, com grandes passos em frente, ajudando os nossos clubes a melhorar as suas instalações e dando a melhor assistência possível às nossas selecções."

Dados da Federação

  • Fundação: 1931
  • Afiliação à UEFA: 2007
  • Afiliação à FIFA: 2007
  • Morada: Ulica "19. decembra" 13 81000 PODGORICA
  • Telefone: +382 20 445 609
  • Fax: +382 20 445 640

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
41LetóniaLetónia0/46.125
42ARJ MacedóniaARJ Macedónia0/45.625
43MontenegroMontenegro0/35.375
44EstóniaEstónia0/45.250
45ArméniaArménia0/45.125
Última actualização: 07/12/2016 08:39 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Nenhum troféu

Competições domésticas

* O FK Zeta teve 3 ponto(s) deduzido(s)
* O FK Lovćen teve 3 ponto(s) deduzido(s)
Última actualização: 04/01/2017 16:35 CET
  • © 1998-2016 UEFA . Todos os direitos reservados.
  • A palavra UEFA, o logótipo da UEFA e todas as marcas relativas às competições da UEFA estão protegidas por marcas registadas e/ou direitos de autor da UEFA. As referidas marcas registadas não podem ser utilizadas para qualquer fim comercial. A utilização do UEFA.com implica o seu acordo com os Termos e Condições, e com a Política de Privacidade.