Eslováquia

EslováquiaFederação de Futebol da Eslováquia

We care about football

Tradição recompensada

O futebol eslovaco tem vindo a criar a sua própria história desde que, em 1993, a Checoslováquia se dividiu em Eslováquia e República Checa.
Tradição recompensada
A Eslováquia festeja o apuramento para a fase final do Mundial de 2010 ©AFP

Tradição recompensada

O futebol eslovaco tem vindo a criar a sua própria história desde que, em 1993, a Checoslováquia se dividiu em Eslováquia e República Checa.

O futebol eslovaco tem vindo a criar a sua própria história desde que, em 1993, a Checoslováquia se dividiu em Eslováquia e República Checa. Ainda assim, enquanto a Eslováquia tenta forjar uma nova identidade futebolística, é preciso não esquecer que a Federação Eslovaca de Futebol (Slovensky Futbalovy Zväz – SFS) foi criada em 1938 e que, entre 1939 e 1945, se realizou um campeonato eslovaco independente.

Quando os dois países eram um só, os eslovacos tinham várias personalidades que gravaram o respectivo nome na história do futebol da Checoslováquia e ajudaram o país a alcançar a glória. Desse lote fazem parte Ivan Chodák, que deu o nome ao Prémio de Fair-Play eslovaco, e Ladislav Kubala, um dos mais famosos jogadores da história do FC Barcelona.

Outro eslovaco, Josef Vengloš, ajudou Václav Ježek a treinar a selecção da Checoslováquia que conquistou o Campeonato da Europa de 1976, antes de ele próprio assumir o comando da equipa e levá-la ao terceiro lugar na edição de 1980. Vengloš também trabalhou em clubes de Portugal, Inglaterra, Turquia, Escócia e Japão e, mais tarde, tornou-se numa figura de relevo nos programas técnicos da UEFA e da FIFA.

Ján Popluhár é considerado o melhor jogador eslovaco do século XX. O lendário líbero de ŠK Slovan Bratislava e 1. FC Brno líbero venceu uma votação levada a cabo para eleger o melhor futebolista da história do país, mas existem outros talentos notáveis, como por exemplo Lubomír Moravcik, que jogou com distinção no AS Saint-Etienne, SC Bastia e Celtic FC, e Peter Dubovský, antigo atleta de Real Madrid CF e Real Oviedo, falecido em 2000 num acidente ocorrido durante as férias, na Tailândia.

Nas fases de qualificação para os torneios da UEFA e da FIFA, a Eslováquia tem tido o azar de defrontar adversários mais fortes, que a têm impedido de chegar às fases finais das competições. No entanto, finalmente atingiu o objectivo há muito perseguido e apurou-se para o Campeonato do Mundo de 2010, na África do Sul. A equipa orientada por Vladimír Weiss venceu o derradeiro e crucial jogo da qualificação, na Polónia, por 1-0, encabeçando um grupo do qual também faziam também parte a Eslovénia e a República Checa. No Mundial, integram o mesmo agrupamento que Itália, Paraguai e Nova Zelândia. As razões deste sucesso devem-se ao programa de desenvolvimento intensivo, que garantiu o quarto lugar no Campeonato da Europa de Sub-21 de 2000 e o apuramento para os Jogos Olímpicos de Sidney, no mesmo ano.

A qualificação da Eslováquia para o Mundial também compensa as qualificações falhadas por pouco. Com Jozef Adamec no comando de jogadores como Peter Babnic, Vladimír Janocko, Jozef Valachovic, Juraj Bucek, Vladimír Labant e Vratislav Greško, a selecção foi relegada para o terceiro lugar, ultrapassada por Suécia e Turquia, na fase de qualificação para o Mundial de 2002. Depois, foi a vez da Inglaterra e, novamente, da Turquia, a afastarem da presença no EURO 2004. O treinador Dušan Galis fez melhor na qualificação para o Mundial de 2006, na Alemanha. A Eslováquia ficou em segundo lugar do grupo, atrás de Portugal, mas não teve depois qualquer hipótese frente à Espanha, no "play-off". No entanto, e finalmente, Weiss teve a sorte do seu lado, depois de ter substituído Ján Kocian após da tentativa falhada de qualificação para o UEFA EURO 2008.

A nível de clubes, o ŠK Slovan Bratislava, campeão eslovaco em 2009 – vencedor da Taça dos Vencedores das Taças de 1969 ao bater o Barcelona na final, em Basileia –, o FC Spartak Trnava, o MŠK Žilina e o entretanto extinto AŠK Inter Bratislava, tem sido presenças habituais nas competições europeias. E o objectivo destas equipas é, certamente, alcançar novos êxitos.

http://pt.uefa.com/member-associations/association=svk/news/newsid=946750.html#tradicao+recompensada

Passar ao topo  

Presidente

 

Ján Kováčik

Ján Kováčik

Nacionalidade: Eslovaca
Data de nascimento: 4 de Dezembro de 1962
Presidente da federação desde: 2010

• Ján Kováčik provou o seu talento para os negócios na indústria da construção civil. Depois, mudou-se para o mundo do entretenimento, tendo sido um dos co-fundadores de uma das maiores produtoras eslovacas.

• Levou as suas capacidades de gestão para o mundo do futebol como proprietário do clube da sua terra, o FK Dukla Banská Bystrica, ajudando-o a competir palmo a palmo com os maiores clubes eslovacos e a qualificar-se para as competições da UEFA.

• Eleito presidente da Federação Eslovaca de Futebol (SFZ) em Setembro de 2010, disse: "Quero ser um presidente forte, mas justo e honesto. A minha prioridade é a construção de um novo estádio nacional, estabelecer novos padrões na comunicação entre a SFZ e os media e, de certeza, elevar o nível do futebol na Eslováquia". Foi reeleito para um segundo mandato de quatro anos em Fevereiro de 2014.

Secretário-Geral

 

Jozef Kliment

Jozef Kliment

Nacionalidade: Eslovaco
Data de nascimento: 29 de Maio de 1964
Secretário-geral da federação desde: 2011

• Jozef Kliment estudou na Faculdade de Educação Física e Desporto da Universidade Comenius em Bratislava. Trabalhou no departamento internacional da Federação Eslovaca de Futebol (SFZ) entre 2001 e 2007, antes de se juntar à UEFA em Maio de 2007 como gestor do projecto HatTrick.

• No programa de investimento HatTrick da UEFA, Kliment coordenou a implementação de diferentes projectos de desenvolvimento em 21 federações nacionais de futebol membro da UEFA até ao final de 2010.

• Tornou-se secretário-geral da SFZ a 1 de Janeiro de 2011, sendo a sexta pessoa a ocupar o cargo desde a independência do país.

Dados da Federação

  • Fundação: 1938
  • Afiliação à UEFA: 1993
  • Afiliação à FIFA: 1994
  • Morada: Trnavská cesta 100, 82101 Bratislava
  • Telefone: +421 2 4820 6000
  • Fax: +421 2 4820 6099

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
29SérviaSérvia0/514.900
30EslovéniaEslovénia0/413.125
31EslováquiaEslováquia0/411.750
32LiechtensteinLiechtenstein0/111.000
33HungriaHungria0/49.500
Última actualização: 07/12/2016 08:39 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Nenhum troféu