País de Gales

País de GalesFederação de Futebol do País de Gales

We care about football

Bons auspícios

A Federação de Futebol de Gales foi fundada em Fevereiro de 1876, em Wrexham, por um grupo de homens de negócios que queriam criar uma equipa para jogar contra a Escócia.
Bons auspícios
Pelé não consegue passar pela defesa do País de Gales durante o jogo dos quartos-de-final do Campeonato do Mundo de 1958 ©AFP

Bons auspícios

A Federação de Futebol de Gales foi fundada em Fevereiro de 1876, em Wrexham, por um grupo de homens de negócios que queriam criar uma equipa para jogar contra a Escócia.

A Federação de Futebol de Gales (FAW) foi fundada em Fevereiro de 1876, em Wrexham, por um grupo de homens de negócios que queriam criar uma equipa para jogar com contra a Escócia e, desta forma, imitar os encontros que, quatro anos antes, tinham começado a ser disputados entre escoceses e ingleses.

O jogo com a Escócia aconteceu em Março de 1876, em Glasgow, tendo na equipa de Gales alinhado dez jogadores do norte do país e apenas um do sul. A partida acabou com uma derrota galesa por 4-0. No ano seguinte, a jogarem em casa, os jogadores do País de Gales não evitaram novo desaire, desta vez por 2-0.

Nos primeiros anos da FAW, o futebol continuou a ser dominado pelo norte do país, numa época em que dominavam clubes como o Wrexham AFC, Oswestry Town FC e Chirk AAA FC. Em 1877/78 foi criada a Taça de Gales com o objectivo inicial de descobrir jogadores de nível internacional. O Wrexham tornou-se na primeira equipa a vencer esta competição, que rapidamente conquistou estatuto, mas só em 1912 é que uma formação do sul de Gales, o Cardiff City FC, conquistou o troféu pela primeira vez.

O futebol começou a ganhar importância no sul de Gales na década de 1890 e, em 1902, apareceu a Liga de Futebol de Gales. Só que, nesta altura, muitas equipas galesas começaram a participar nos campeonatos ingleses em busca de nível competitivo mais elevado.

Apesar deste problema, quando o futebol recomeçou após o final da I Guerra Mundial, o presidente da FAW, Ted Robbins, tentou revolucionar a forma como estava organizada modalidade no país. As dificuldades eram imensas, os melhores jogadores de Gales alinhavam em clubes ingleses e nunca havia a certeza que seriam dispensados para os jogos da selecção. Apesar de tudo, Gales venceu o Campeonato Britânico em 1907, e também em 1920, 1924, 1928, 1933, 1934 e 1937.

O País de Gales apenas disputou pela primeira vez o apuramento para um Campeonato do Mundo na década de 1950, tendo sido neste período que Herbert Powell, então presidente da FAW, se distinguiu como figura influente na UEFA. No entanto, a única vez em que o país teve sucesso no objectivo de atingir a fase final de um Mundial, aconteceu na Suécia, em 1958, numa década de 1960 em que a selecção andou arredada dos grandes palcos.

Em 1976, Gales conseguiu chegar aos quartos-de-final do Campeonato da Europa, às ordens do treinador Mike Smith, e nos anos seguintes confirmou ser uma das selecções em maior crescimento na Europa, sob a orientação de Mike England e de Terry Yorath. Contudo, o sonho de alcançar o apuramento para uma grande competição internacional continua a ser uma miragem.

Alguns jogadores galeses brilharam intensamente nos principais palcos mundiais, com destaque para John Charles, que se transformou num ídolo em Itália, Ian Rush, goleador temível no Liverpool FC, e Ryan Giggs, vencedor da UEFA Champions League em 1999 e 2008 ao serviço do Manchester United FC. O País de Gales esteve muito perto de conseguir o apuramento para o UEFA EURO 2004, mas perdeu com a Rússia no "play-off". No entanto, existe enorme optimismo relativamente ao facto de que o futebol galês está novamente a crescer.

http://pt.uefa.com/member-associations/association=wal/news/newsid=948503.html#bons+auspicios

Passar ao topo  

Presidente

 

David Griffiths

David Griffiths

• David Griffiths desfrutou de uma carreira de 50 anos na administração do futebol, exercendo cargos na Federação de Futebol do País de Gales (FAW), na UEFA e na FIFA desde que em 1992 foi eleito para o conselho da FAW. Griffiths é também segundo vice-presidente do Comité de Estádios e Segurança da UEFA. Como membro da FIFA, faz ainda parte da direcção da International Football Association Board (IFAB).

• Praticante nas ligas nacionais enquanto jovem, o percurso de Griffiths na administração do futebol iniciou-se no clube da sua terra natal, tornando-se em 1965 secretário do Maesteg Park AFC. Durante 45 anos desempenhou esse cargo, acabando, em resultado disso, por tornar-se num dos mais duradouros secretários de um clube na história do futebol galês.

• Após a sua eleição como presidente, Griffiths expressou o desejo de ver o País de Gales continuar a emergir fixando-se como uma nação líder no futebol. “Esperamos continuar a organizar mais eventos internacionais no País de Gales”, disse. “Temos necessidade de estar presentes no cenário internacional. o País de Gales é uma pequena nação do futebol e teremos de continuar a trabalhar para sermos competitivos. Apenas conseguiremos ter sucesso trabalhando em união. Temos também de criar as infra-estruturas que vão ajudar a desenvolver ainda mais talentos.”   

Secretário-Geral

 

Jonathan Ford

Jonathan Ford

Nacionalidade: britânica
Data de nascimento: 9 de Junho de 1968
Director-executivo da federação desde: 2010

• Jonathan Ford chegou à Federação Galesa de Futebol (FAW) – a terceira mais antiga federação de futebol do Mundo – em 2009, para desempenhar as funções de director-executivo, sucedendo ao secretário-geral David Collins. Em 2010, a FAW lançou um novo plano estratégico, desenhado para realinhar a federação com o lema - Gorau chwarae cyd chwarae (o melhor jogo é o jogo em equipa) - e para lançar as bases do sucesso a todos os níveis.

• Ford passou mais de 20 anos a trabalhar na área do desporto, primeiro na televisão, comprando, vendendo, produzindo e sindicalizando direitos e programas. Depois, ao longo dos últimos dez anos, ocupou altos cargos de gestão na marca global Coca-Cola, lidando com os negócios internacionais de construção de programas com vista a objectivos de negócios a partir das propriedades dos desportos, incluindo Jogos Olímpicos, campeonatos do Mundo e campeonatos da Europa.

• O futebol galês foi alvo de uma profundo programa de transformação e modernização ao longo dos últimos anos, com vários importantes êxitos, tendo a FAW acolhido mesmo a sua primeira fase final de um torneio da UEFA ao receber em 2013 a decisão do Campeonato da Europa Feminino de Sub-19 da UEFA. Um ano depois, Cardiff foi palco da SuperTaça Europeia.

Dados da Federação

  • Fundação: 1876
  • Afiliação à UEFA: 1954
  • Afiliação à FIFA: 1910
  • Morada: 11/12 Neptune Court Vanguard Way CF24 5PJ CARDIFF
  • Telefone: +44 29 2043 5830
  • Fax: +44 29 2049 6953

Coeficiente de clubes por país

PaísClubesPts
48LituâniaLituânia0/44.125
49MaltaMalta0/44.000
50País de GalesPaís de Gales0/43.875
51Ilhas FaroéIlhas Faroé0/43.500
52GibraltarGibraltar0/22.500
Última actualização: 07/12/2016 08:39 CET

Palmarés das Selecções Nacionais

Nenhum troféu

Competições domésticas