Torneios de desenvolvimento - uma ponte para o futuro

Os torneios de desenvolvimento da UEFA para os escalões masculinos e femininos de sub-16 oferecem aos jovens experiência internacional crucial logo numa fase inicial das suas carreiras.

Acção do jogo que colocou frente-a-frente Portugal e Suécia
Acção do jogo que colocou frente-a-frente Portugal e Suécia ©UEFA

Jovens de ambos os sexos estão a adquirir uma preciosa experiência internacional graças aos torneios de desenvolvimento da UEFA.

Os torneios, que têm tido lugar nos escalões masculinos e femininos de sub-16 um pouco por toda a Europa ao longo dos primeiros meses do ano, são vistos como uma etapa crucial na carreira dos jogadores jovens.

O calendário de torneios de desenvolvimento para 2017 conta com 14 torneios masculinos sub-16 e 12 torneios femininos sub-16. Quatro federações membro da UEFA deslocam-se até um país anfitrião para disputarem esses torneios.

A UEFA lançou os seus torneios de desenvolvimento em 2012, ao considerar que o escalão sub-16 é fundamental no progresso dos jovens rumo ao futebol jovem de elite sub-17, o qual marca o início das competições nacionais de selecções da UEFA tanto a nível masculino, como a nível feminino.

Os torneios são organizados de forma a conferirem especial atenção ao desenvolvimento dos jovens e não nas vitórias, com os treinadores a poderem oferecer aos jovens futebolistas sub-16 tempo de jogo precioso.

Os eventos têm um papel cultural e educativo muito particular. Os jogadores aprendem os valores-chave da UEFA, como o respeito e o fair play, e através da convivência com atletas de outras selecções durante os torneios fazem novas descobertas sobre outros países e culturas.

Um desses torneios acabou de ter lugar em Portugal, com a presença de equipas masculinas de sub-16 oriundas do país anfitrião, da Rússia, da Suécia e da Turquia. O feedback dado por todos os envolvidos mostra o quanto esta iniciativa é essencial para o desenvolvimento do futebol europeu.

Jean-François Domergue, responsável da UEFA pelo desenvolvimento do futebol

Os torneios de desenvolvimento são uma excelente plataforma para os jogadores e permitem aos treinadores observarem o crescimento dos seus jogadores sem terem os resultados dos jogos como uma prioridade. São eventos apreciados por todas as federações membro da UEFA e vistos como o derradeiro passo para as selecções nacionais antes das escolhas com vista à qualificação para o Europeu Sub-17 que se avizinha.

Pedro Pauleta, antigo internacional por Portugal, actualmente a trabalhar na Federação Portuguesa de Futebol (FPF)

Os torneios de desenvolvimento são uma fase crucial no desenvolvimento dos jogadores, pois jogar a nível de clubes e jogar a nível de selecções não é a mesma coisa. Este evento permite aos jogadores adquirirem experiência internacional. Além disso, defrontar as melhores selecções nacionais é fundamental, pois o ritmo dos jogos é bem mais elevado do que aquele a que os jogadores estão habituados nos seus clubes.

Rui Bento, seleccionador sub-16 de Portugal

Estes torneios permitem-nos testar a equipa num contexto muito competitivo. É fantástico, porque os nossos jogadores vão confrontar-se com outros estilos de jogo. Normalmente, aproveitamos também para observar alguns novos jogadores.

Magnus Wikman, seleccionador sub-16 da Suécia

Este torneio de desenvolvimento é muito importante para nós. Geralmente, não existe oportunidade de defrontar equipas tão competitivas neste escalão. A possibilidade de ter aqui 20 jogadores é extremamente positiva, pois permite que todos tenham algum tempo de jogo.

Ahmet Ceyhan, seleccionador sub-16 da Turquia

Este torneio é essencial - os jogadores ganham experiência internacional, conhecem novos adversários, vêem outras realidades e, no futuro, quando estarão melhor preparados quando estiverem a disputar grandes competições. Sinto que existem inúmeros benefícios no que diz respeito à coesão da equipa. No final do torneio, a qualidade dos jogadores é maior do que era no início.

Leonid Ablizin, seleccionador sub-16 da Rússia

Este torneio permite aos nossos jogadores ficarem a conhecer outras culturas futebolísticas e, com isso, enfrentarem novas situações e novos problemas, ao enfrentarem adversários diferentes. Isso ajuda ao seu desenvolvimento.

Francisco Neto, seleccionador da selecção principal feminina de Portugal (observador técnico)

Estes torneios são vitais para o desenvolvimento dos rapazes e das raparigas. Para muitos, esta é a primeira oportunidade de estarem juntos em contexto competitivo - algo que ajuda a dar coesão à equipa.