UEFA satisfeita com resolução sobre viciação de resultados

"Só posso felicitar" o Parlamento Europeu disse o Presidente da UEFA, Michel Platini, após o organismo aprovar uma resolução sobre crime organizado, corrupção e branqueamento de capitais.

©UEFA.com

A UEFA recebe com agrado a resolução sobre crime organizado, corrupção e branqueamento de capitais, que foi aprovada esta quarta-feira pelo Parlamento Europeu.

A UEFA nota que existe uma vontade política de introduzir um enquadramento legal específico em todos os estados-membros da União Europeia (UE) para abordar o problema da viciação de resultados. Em particular, a UEFA está satisfeita por o Parlamento Europeu ter reiterado a importância de criminalizar a viciação de resultados sem atrasos, e fazer dela um delito criminal específico, como já acontece na Bulgária, Espanha, França, Itália e em Portugal.

"Necessitamos, mais do que nunca, do apoio das autoridades públicas na luta incansável que travamos contra o flagelo que é a viciação de resultados", disse o Presidente da UEFA, Michel Platini.

"Este é o motivo pelo qual só posso felicitar o Parlamento Europeu pela resolução adoptada hoje, em relação ao crime organizado. Esta resolução vai na direcção certa e confirma a boa relação que mantemos com as autoridades europeias neste assunto crucial para o futuro do futebol, e do desporto em geral.

"Agora aguardamos com interesse para ver como esta resolução será implementada pela Comissão Europeia e os estados-membros da UE. Estes devem assumir a sua responsabilidade, seguir as recomendações desta resolução e, mais importante do que tudo, agir rapidamente e com firmeza.

"Por seu turno, a UEFA vai continuar a aplicar uma política de tolerância zero contra todos aqueles que estejam envolvidos na viciação de resultados".