Formação de médicos na Croácia

O foco do curso do Programa de Formação para Médicos de Futebol da UFEA realizado na Croácia centrou-se em cenários de trauma e suporte básico de vida, bem como na partilha de conhecimentos.

Sessão prática no "workshop" realizado na Croácia
Sessão prática no "workshop" realizado na Croácia ©HNS

Cenários de trauma e suporte básico de vida foram o tema central de um curso do Programa de Formação para Médicos de Futebol da UEFA, realizado na Croácia.

Peritos da UEFA juntaram-se a médicos da Federação de Futebol da Croácia (HNS) e de clubes locais para trocarem informação médica vital e aumentar o conhecimento e práticas gerais da comunidade médica desportiva da Croácia. Davor Šuker, presidente da HNS, também esteve presente para acolher os participantes.

Para além do diagnóstico e tratamento de lesões, outros tópicos do programa incluem emergências médicas em campo, deveres e responsabilidades do médico de futebol, prevenção e reabilitação de lesões, psicologia, nutrição futebolística e a campanha antidoping no seio do futebol europeu.

O conteúdo e material educativo do FDEP foi compilado em conjunto com o Comité Médico da UEFA e peritos de renome em medicina desportiva.

No final de cada curso, os participantes realizam testes para avaliar o grau de competências e conhecimento adquiridos. A avaliação é vista como importante, pois juntamente com competências de aprendizagem essenciais, todos os participantes devem ser capazes de disseminar a sua própria versão do curso para médicos do seu país.

"O curso FDEP disseminado na Croácia foi uma forma perfeita de desenvolver conhecimento médico específico sobre futebol no nosso país. Com o apoio da UEFA, não restam dúvidas que aumentámos o conhecimento dos nossos médicos de elite, ao mesmo tempo que fortalecemos a medicina croata sobre futebol."
Zoran Bahtijarević, médico da selecção principal da Croácia