Futebol não deixa ninguém para trás

Seja um espectador ou um jogador, é fundamental que todos estejam incluídos no futebol europeu - esta é a mensagem que marca o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência.

©ICRC

O futebol pode, certamente, contribuir para criar um mundo mais inclusivo e equitativo para as pessoas portadoras de deficiência. A UEFA prossegue o desenvolvimento de programas durante o ano para assegurar o acesso ao futebol a essas pessoas.

No Dia Internacional das Pessoas Portadoras de Deficiência das Nações Unidas (IDPD), que anualmente se celebra por todo o Mundo, queremos aproveitar a oportunidade para promover uma viagem sobre as novas actividades no terreno.

Programas de responsabilidade social

O Programa de Responsabilidade Social da UEFA criou uma série de parcerias duradouras para promover a mudança e produzir um impacto onde essa ajuda possa acontecer.

As vítimas de minas terrestres no Afeganistão têm beneficiado do apoio do centro de reabilitação do Comité Internacional da Cruz Vermelha (ICRC) apoiado pela UEFA, que fornece próteses artificiais, fisioterapia, treino vocacional e acesso à equipa de futebol do centro. A parceria está ligada à competição da Equipa do Ano dos utilizadores do UEFA.com e no último ano o cheque foi entregue pela estrela de França, Paul Pogba.

Centro para o Acesso ao Futebol na Europa (CAFE) está a trabalhar para a promoção e melhoria das acessibilidades nos estádios para os portadores de deficiência de toda a Europa. Durante as fases finais das provas de clubes e dos grandes torneios europeus, os nossos parceiros asseguram uma experiência de jogo no "Futebol Total Acesso Total". No UEFA EURO 2016, por exemplo, pela primeira vez em França foram disponibilizados os comentários áudio, além de que o acesso em cadeiras de rodas teve um forte incremento.

A UEFA ajuda à promoção do "Futebol para Todos", com o objectivo de aumentar as oportunidades de jogar às pessoas portadoras de deficiência, através das seguintes organizações:

O apoio é dado a torneios com estas seis formas de futebol e os jogos de demonstração são apresentados em importantes eventos de futebol europeu, como o Champions Festival, que acontece todos os anos na cidade-sede da final da UEFA Champions League.

Programas da Fundação da UEFA para as Crianças

Activa na Europa e por todo o Mundo, a Fundação da UEFA para as Crianças trabalha também com três parceiros na ajuda a crianças portadoras de deficiência:

A Fundação Internacional da Pesquisa Aplicada na Deficiência (FIRAH) desenvolve a sua actividade na Europa e ajuda crianças autistas, recorrendo a novas tecnologias promotoras da comunicação e formação.

O programa Just Play, na Polinésia, apoia crianças portadoras de deficiência física ou mental e organiza sessões de treino semanais. Este projecto visa combater uma tendência negativa, uma vez que 90 por cento das crianças com deficiência nas Ilhas do Pacífico não frequentam a escola e são frequentemente excluídas da actividade física.

Por último, na cerimónia da SuperTaça Europeia da UEFA, em Trondheim, a fundação convidou a Handicap International para o lançamento da sua campanha "Stop Bombing Civilians!" e endereçou uma mensagem de solidariedade para os portadores de deficiência. Pela primeira vez durante uma cerimónia antes de um jogo, duas crianças em cadeiras de rodas acompanharam os jogadores à entrada para o campo, promovendo o futebol para todos.