Futebol pela inclusão social

A UEFA apoia a campanha anual do CAFE, parceiro de responsabilidade social, apelando ao acesso e à inclusão das pessoas portadoras de deficiência em todas as vertentes do futebol.

Semanas de Acção CAFE por toda a Europa
Semanas de Acção CAFE por toda a Europa ©CAFE

O importante papel que as pessoas portadoras de deficiência podem desempenhar no futebol é o ponto central da quinta semana de acção organizada pelo Centro para Acesso para o Futebol na Europa (CAFE), parceiro da UEFA.

A Semana de Acção CAFE, que decorre entre os dias 4 e 12 de Março, promove uma campanha que visa garantir que as pessoas com deficiência possam participar plenamente no futebol, como espectadores, jogadores, treinadores, dirigentes, voluntários ou decisores.

"Futebol Total, Acesso Total" é o lema da mais recente edição da Semana de Acção, que foi realizada pela primeira vez em 2013. Clubes, estádios, federações e grupos de adeptos vão organizar actividades por toda a Europa.

"A Semana de Acção é a oportunidade ideal para aumentar a consciencialização sobre o acesso e a inclusão", explicou o CAFE, "e para utilizar o poder único do futebol para integrar melhor as pessoas com deficiência na sociedade em geral".

A UEFA mantém uma relação duradoura com o CAFE e Aleksander Čeferin, presidente do organismo europeu, tem vindo a dar um forte apoio à Semana de Acção.

"A UEFA pretende aproveitar o enorme alcance do futebol para promover e apoiar a inclusão social", explicou Aleksander Čeferin. "O nosso desporto deve estar aberto a todos, pessoas de todos os sexos, credos, religiões e capacidades. Todos têm o direito de desfrutar do desporto que amam".

"Juntamente com os nossos parceiros do CAFE, pretendemos melhorar o acesso das pessoas com deficiência ao futebol e ajudá-las a ter um papel mais pleno na sociedade".

Em 2015, o Comité Executivo da UEFA aprovou novas disposições nos Regulamentos de Licenciamento de Clubes e de Fair Play Financeiro, que exigem que os clubes designem um delegado para o acesso de pessoas com deficiência.

Esta decisão é encarada pelo CAFE como "um marco importante para pessoas com deficiência em toda a Europa, e que levará a uma sensibilização muito maior em relação à deficiência a todos os níveis no futebol".

"Isto significa que o acesso e a inclusão estão na agenda de todas as federações europeias e que os adeptos com deficiência passam a ter um ponto de contacto nos seus clubes".

Este ano vai assinalar a estreia de Max Access, a mascote oficial da Semana de Acção. Max é um jovem adepto deficiente e que vai ajudar a promover os eventos agendados sob o lema "Futebol Total, Acesso Total".