UEFA apoia projecto sobre propriedade pelos adeptos e melhor governação

Projecto liderado por adeptos centra-se na boa governação, finanças sustentáveis e envolvimento voluntário.

©Getty Images

A UEFA está actualmente a co-financiar um projecto que promove as boas práticas financeiras no futebol. A iniciativa é coordenada pela SD Europe, organização parceira da UEFA que apoia os adeptos que se querem envolver formalmente com o seu clube, além de desenvolver a propriedade dos clubes de futebol pelos seus adeptos de uma forma geral.

O projecto "Clubes e Adeptos para Melhor Governança no Futebol (Clubs and Supporters for Better Governance in Football)" junta seis emblemas geridos pelos seus adeptos e várias organizações nacionais de adeptos da Europa, e centra-se em três áreas-chave para possibilitar o crescimento: governação, finanças sustentáveis e envolvimento/voluntariado dos adeptos.

Também co-financiado pela União Europeia (UE) ao abrigo do programa Erasmus para + educação, formação, juventude e desporto, o projecto vai ajudar a promover os princípios da UE sobre boa governação no desporto, através de um programa de formação, educação e intercâmbio de dois anos que envolve parceiros de sete Estados-membros.

Workshop em Malmö

Como parte desta iniciativa, a UEFA participou recentemente num workshop dedicado ao projecto em Malmö, na Suécia, que também contou com a presença de parceiros de responsabilidade social da UEFA como a Football Supporters’ Europe (FSE), a CAFE (Centro de Acesso ao Futebol na Europa) e a Fare.

O workshop debateu, entre outras coisas, formas de alcançar a sustentabilidade financeira e maneiras de os clubes funcionarem sem negligenciarem os seus princípios fundadores.

O gestor de benchmarking sénior da UEFA, Sefton Perry, fez uma apresentação acerca da importância de avaliar as finanças do futebol hoje, e os vários desafios que tal pode trazer.

"Há muitos anos que trabalhamos com a SD Europe", afirmou. "Este encontro foi uma excelente oportunidade para ver e ouvir directamente como é que as organizações de adeptos nacionais e os clubes geridos pelos seus sócios em todos os níveis do jogo desenvolveram e entendem o futebol."

Os vários parceiros do projecto vão participar numa série de intercâmbios ao longo deste projecto a dois anos, devendo no final de 2017 haver uma compilação das principais aprendizagens e melhores práticas de modo a criar uma ferramenta de formação online abrangente.

Antonia Hagemann, CEO da SD Europe, afirmou: "É excelente ver como os clubes geridos pelos sócios e os grupos de adeptos nacionais beneficiam deste projecto. O feedback tem sido muito positivo e estamos ansiosos por melhorar ainda mais o modo como todos trabalhamos com base em valores e princípios partilhados."