Iniesta eleito melhor jogador na Europa

Andrés Iniesta foi eleito o Melhor Jogador da UEFA na Europa em 2011/12, prémio que lhe foi atribuído no Mónaco, tendo ficado à frente de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

Andrés Iniesta foi eleito o Melhor Jogador da UEFA na Europa em 2011/12, prémio que lhe foi atribuído no Mónaco, tendo ficado à frente de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

Andrés Iniesta foi eleito o Melhor Jogador da UEFA na Europa em 2011/12, um prémio que lhe foi atribuído no Mónaco.

O médio do FC Barcelona, que ajudou Espanha a reconquistar o Campeonato da Europa, ficou à frente do colega de equipa Lionel Messi, vencedor da edição inaugural do prémio, no ano passado, e do atacante do Real Madrid CF e de Portugal, Cristiano Ronaldo, numa votação efectuada por jornalistas desportivos em representação de cada uma das federações-membro da UEFA.

Iniesta recebeu o prémio logo após a conclusão do sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League, realizado no Fórum Grimaldi, no Mónaco, e disse: "Estou muito feliz por receber tal reconhecimento. Como costumo dizer, estes prémios individuais não podem ser recebidos sem toda a equipa. É, portanto, uma sensação que quero partilhar com os meus colegas no clube e na selecção nacional. É o reconhecimento de um trabalho bem feito e que as pessoas têm orgulho e têm confiança no que fazemos."

O atleta, de 28 anos, esteve em grande forma pela Espanha no UEFA EURO 2012: foi eleito Melhor Jogador do Torneio após ser titular nos seis jogos e integrou a Equipa do Torneio. Iniesta também bateu o recorde de Emilio Butragueño de 50 jogos na Liga sem derrotas, na última temporada. Acabou por perder ao jogo 56, quando o Real Madrid CF ganhou 2-1 em Camp Nou, em Abril.

Como votaram os jornalistas:
1 Andrés Iniesta (ESP) – FC Barcelona (19 votos)
2 Lionel Messi (ARG) – FC Barcelona (17 votos)
Cristiano Ronaldo (POR) – Real Madrid CF (17 votos)

O Prémio de Melhor Jogador da UEFA na Europa nasceu da iniciativa do Presidente da UEFA, Michel Platini, e tem como objectivo recuperar o espírito do antigo Jogador Europeu do Ano. Os jogadores foram avaliados pelas suas exibições durante a temporada de 2011/12 em todas as competições, domésticas e internacionais, ao nível de clubes, mas também de selecções.