We care about football

História e procedimento

O Prémio Melhor Jogador da UEFA na Europa, entregue pela primeira vez em 2011, nasceu de uma iniciativa para reavivar o espírito do antigo galardão de Futebolista Europeu do Ano.
História e procedimento
Lionel Messi (UEFA Best Player in Europe Award) ©AFP
Publicado: Quarta-feira, 13 de Agosto de 2014, 18.12CET

O Prémio Melhor Jogador da UEFA na Europa foi criado em parceria com a European Sports Media (ESM). Distingue o melhor jogador, independentemente da nacionalidade, a ter representado um clube proveniente de uma federação-membro da UEFA na época anterior.

Os jogadores foram avaliados pelo seu desempenho durante a campanha 2014/15 - a nível de clube e selecção - por um júri composto por jornalistas desportivos de renome em representação de cada uma das federações-membro da UEFA.

Primeira ronda de votos
Cada jornalista forneceu uma lista daqueles que considera terem sido os cinco melhores jogadores, classificados de um a cinco, com o primeiro a receber cinco pontos, o segundo quatro e assim sucessivamente. Os dez mais pontuados passam, depois, a uma segunda ronda de votos.

Segunda ronda de votos
O UEFA.com revela os três jogadores que obtiveram mais pontos nesta segunda votação e que entrarão na ronda final de votos.

Ronda final de votos
A votação final realizou-se no Mónaco, a 27 de Agosto, durante a cerimónia do sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League, altura em que o mesmo painel de jornalistas vota em directo, através de um sistema electrónico.

Este foi o terceiro ano do Prémio Melhor Jogadora da UEFA na Europa, depois de Célia Šašić suceder a Nadine Kessler ao vencer a distinção em 2015. O troféu foi igualmente entregue durante o sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League e o procedimento para a sua atribuição foi idêntico, com excepção do júri, que neste caso foi constituído por 18 jornalistas e que para a primeira ronda de votos foi formado pelos treinadores das oito equipas que atingiram os quartos-de-final da UEFA Women's Champions League e pelos treinadores das selecções europeias qualificadas para o último Campeonato do Mundo Feminino.

História
O Prémio Melhor Jogador da UEFA na Europa substituiu o prémio Futebolista do Ano da UEFA, atribuído pela última vez em 2010 a Diego Milito, do FC Internazionale Milano. Fazia parte dos Prémios do Futebol de Clubes da UEFA, que também incluíam distinções para melhor guarda-redes, defesa, médio, avançado e treinador, e que também se realizava no Mónaco, em Agosto, desde 1998.

Última actualização: 14-02-17 0.35CET